segunda-feira, 4 de junho de 2012

PORÇÃO SINGULAR


Estou num processo contínuo de descobertas surpreendentes que me causam medo.
Se, sinto dores é só pelo fato de temer ao tempo que nos obriga a ficarmos distantes...
O que predomina em mim é o que posso definir como Amor e uma saudade quase concreta, pois quase consigo tocá-la através da dor...
EU amo! E já senti medo por isso, e hoje sinto orgulho do que sinto, pois despertas o melhor de mim
E se há o pior em mim, de mim consegues dissipar.
Seu carinho secreto é o maior bem que possuo
O seu amor intenso é vital em mim.
Descubro o que nunca imaginei ter, sentir ou ser
Sou fonte em exploração;
Terra em fecundação;
vulcão em erupção
Sou seu amor
Sou o teor da descoberta
A essência somo nós
Somos a concepção do verdadeiro entendimento
Somos a realidade do sentimento em crescimento
Somos nós
Você e Eu
Eu e você
Numa concordância de Gênero e numero
Que se unem numa porção singular em sua peculiaridade.
Significados indecifráveis
Pois o amor não se pode explicar

Um comentário: